Latisse: a diferença de ter cílios

Ivete Sangalo tem uma frase atribuída a ela que diz: “Não existe mulher triste, existe mulher sem rímel”. E olha, tá certíssima! Só que se você é uma pessoa praticamente desprovida de cílios, não a rímel que faça milagre. E infelizmente eu estava nesse grupo até algum tempo atrás.
Eu já até cheguei a fazer permanente e tingir os cílios, fazia uma boa diferença mas ainda não era aquele impacto todo, afinal a base que eu tinha não ajudava muito. Aí comecei a cogitar de fazer alongamento. Conversando com a moça do salão que eu ia, ela foi bem sincera e disse que realmente ficava lindo, mas também tinha vários pontos negativos – eu poderia ficar incomodada com o “peso” extra e os cílios originais poderiam enfraquecer e até quebrar. Fiquei de pensar e como tinha uma consulta com a minha dermato marcada por aqueles dias aproveitei para perguntar para ela sobre o alongamento. Adivinha? Ela disse que faz mal para os cílios, e que é melhor usar cílios postiços todos os dias do que fazer o alongamento. Mas nem tudo nessa conversa foi ruim… ela me receitou o tal do Latisse.

latisse

Latisse

O Latisse é um remédio vendido com receita, que foi desenvolvido após descobrirem o efeito colaterial que a substância bimatoprosta acarretava nos pacientes que usavam ela para o tratamento de glaucoma – os cílios cresciam, ficavam mais espessos e mais escuros. Mas veja bem que o Latisse não deve ser usado como um colírio – ele vem acompanhado de trocentos pincéis descartáveis, e é aplicado como um delineador nos cílios superiores (minha dermato disse para não usar nos inferiores).
Para ver resultado, demora um pouquinho. A minha dermatologista disse que eu precisaria usar por 3 meses, e depois continuar fazendo a manutenção (usando dia sim, dia não). Mas olha, eu já comecei a ver uma pequena diferença depois de pouco mais de um mês de uso, e isso fez eu me empolgar e continuar usando certinho… Sou péssima para fotografar eu mesma, então por favor desconsiderem as fotos toscas feitas com a câmera frontal do celular e foquem no apenas no tamanho dos cílios:
latisse

Totalmente sem maquiagem… Achei que deu uma boa diferença! Com rímel então nem se fala!

Comparado com algumas fotos incríveis que estão pela internet nem é uma diferença tão enorme, mas posso dizer que para mim é tudo! Agora com uma camadinha de qualquer rímel eu fico com cílios incríveis!
Nem tudo são flores, e o Latisse também tem seus efeitos. Ele pode escurecer um pouco a pele na região tratada, mas nada que um corretivo não resolva. No meu caso, notei que parece mesmo um traço de delineador mal removido, ou seja, mesmo se eu não usar corretivo, só um lápis já cobre. Mas é tão claro que vejam que nas fotos mal dá pra notar.
O Latisse também pode ser usado na sobrancelha segundo a minha médica, mas eu não uso pois meu problema não é tão grave assim e fiquei com medo da pele escurecer. Elas estavam um pouco ralinhas mas aquele sérum da Marina Smith já resolveu o problema.
O kit do Latisse está por volta de R$160 por aqui e dura uns dois meses de tratamento, usando todos os dias. Se vocês fizerem uma busca pela internet vão ver que tem muita gente usando o genérico também, ele é mais barato mas não vem com os aplicadores – ou seja, comprar os aplicadores separados além de dar mais trabalho vai sair quase o mesmo preço pelo que eu pesquisei… Eu não usei o genérico então não posso falar se a eficácia é a mesma.
Se deixar de usar, os cílios voltam ao normal depois de um tempo (e a pele também clareia caso tenha escurecido). Pra mim não é problema continuar usando, eu já incorporei na rotina de cuidados com o rosto que faço todos os dias antes de dormir e não pretendo abandoná-lo mais!

8 Responses

Add a Comment

Seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios.