Sample Central

Hora de deixar a preguiça de lado e colocar essas mãos congeladas para digitar…
Sexta da semana passada fiz minha primeira visita na Sample Central. Pra quem ainda não ouviu falar por aí, a Sample Central é uma loja que oferece produtos full size de graça para experimentar, em troca da nossa opinião sobre eles. É o chamado “tryvertising” (try, de experimentar + advertising, propaganda).
Quando a notícia saiu, em maio, em corri me cadastrar no site. A loja inaugurou no final de junho, e no feriado eu fui lá conhecer. É super bem localizada, na Rua Augusta, não muito longe da Paulista (fica em frente ao CineSesc), e fácil de achar – a fachada é amarela. As visitas são agendadas, e a espera atual é de cerca de 15 dias (já marquei meu retorno! rs).
Sample Central

Sample Central

Yogomix de maracujá, máscara pro cabelo da Pantene, discos de limpeza da Avon, achocolatado Gold e bombons Garoto foram as minhas escolhas.

Por dentro, ela parece um mercadinho: Você recebe uma sacola de borracha e pode escolher seus 5 produtos. Eles tem um esquema de cores (produtos de etiqueta amarela, azul e verde) e você tem que fazer uma combinação entre elas, mas nada que atrapalhe a brincadeira. Tem de tudo dentro da loja: cosméticos, comida, produtos de limpeza e até ração pra cachorro (não tinha pra gato =( … ). Além desses produtos que você leva para casa ainda tem outros que você pode “degustar” na loja – comestíveis ou não. No dia que eu fui, tinha sorvetes garoto, café Dolce Gusto, um tipo de iogurte que eu não lembro, celulares, chapinha, tv 3D e o carro Nissan Livina pra test-drive.
No fim da visita (que dura 1 hora), você passa no caixa e os produtos que você escolheu são registrados no seu cartão fidelidade. Depois você tem 15 dias para testar os produtos, entrar no site e responder a pesquisa sobre eles. Não dá trabalho nenhum, as pesquisas não são demoradas de fazer (a maior que eu peguei tinha 10 questões). E o legal é ser sincera nas avaliações, pois essa é a chance de ser ouvida pelos fabricantes.
Quer saber mais? A Nicas também foi.

10 Responses

Add a Comment

Seu email não será publicado. Campos com * são obrigatórios.